SALON EMPRENDEDOR

SALON EMPRENDEDOR
FABRICAS INSTALADAS E FUNCIONANDO P/EMPREENDER

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Plano de Negocio Aplicativo, Guia Prático p/ Plano de Negócio Pequenas Fábricas. ( PARTE II )

Nos acompanhe, Vamos fazer juntos o seu plano de negócio prático, Passo a Passo!

Passo 1- Montagem e seleção de fornecedores
Vamos Iniciar sua agenda com a visita ao mercado de fornecedores de matérias primas, atacadistas e importadores. Sugerimos que os visite para ter percepções claras sobre cada um deles.
Dica: Elabore Fichas e Planilha, Crie uma planilha de avaliação, contendo pontos como: variedade, qualidade de produto, especialidade, preços, sazonalidades etc. É importante ter em mente que uma fabrica sem matéria prima é um carro sem gasolina no meio do nada. Antes de sair de casa, mentalize a importância de ter bons fornecedores, trate-os igual ou melhor do que a um cliente, lembre que depende da matéria prima a qualidade do produto.

Passo 2- Visitar o seu mercado (sua nova praia)
Vá até os locais onde o produto que deseja produzir é vendido. Veja os produtos iguais ao seu, similares, substitutos, ou seja: produtos que não são igual ao seu, mais que podem concorrer com ele indiretamente exemplo: (Suco X Refrigerante), (Bala X Goma de Mascar), (Amendoim Torrado X Soja torrada) (Bata chips x Salgadinho). Faça uma comparação entre seu produto e o da concorrência, visitando atacadistas, varejista, ponto de venda tradicional bem como os pontos de vendas alternativos. Se possível visite os concorrentes, tente saber que produtos fabricam e quem são seus fornecedores no mercado.

Passo 3- Produtos Concorrência e Mercado Potencial
Retornando a sua casa ou seu escritório organize a informação, veja os produtos e experimente os produtos que imaginamos tenha comprado em sua jornada em campo veja detalhadamente a embalagem, as cores, lembre em que posição os encontro una gôndola, avalie se o preço cobrado foi proporcional a qualidade, tente calcular o custo de fabricação e margem de lucro aproximado, anote detalhes de sabor, cor e aroma, veja e compare o que o líder de mercado tem que os outros não tem. Use seu olfato empresarial e pense como você poderia ser melhor, se posicionando melhor, sugerimos que compartilhe sua experiência e colha percepções junto a amigos e familiares.


Passo 4- Custos Fixos e Operacionais de Implantação.
Agora vamos seguir para o próximo passo, É preciso saber quanto custaria por mês a manutenção do nosso negocio, produzindo uma quantidade mínima por mês, vamos fazer uma estimativa de custos fixos ou seja: luz, água, telefone, aluguel, mão de obra, transporte, alimentação, material de escritório, limpeza etc. Uma boa dica é comparar com o que gasta em sua casa, multiplique pelo dobro.Não adianta querer certeza, nesta faze não espere ter valores exatos pois só terá certeza dos valores quando de fato estiver fazendo, não planejando.
É muito importante que em toda a visão de montagem do negocio tenha um lema em sua cabeça: “aprender tudo ou quase tudo, com muito pouco ou nada” porque se esperar ter tudo na mão...ééé amigo acho que nunca sairá do papel.
A típica expressão “eu começo quanto tenha as condições idéias para fazer” e um comum engano a famosa busca pelo ideal geralmente nunca ocorre. Saiba que isso e um pretexto muito utilizado para prorrogar decisões ou para “realizar alguma coisa”.

Passo 5 – Formação de custo operacional de produção e investimento
Hora de avaliar os números e ver nossa posição de viabilidade do empreendimento,façamos os cálculos para saber quanto nos custaria aproximadamente fabricar os produtos da pauta de operações, ver e somar as matérias primas, os insumos com sua embalagem etc. Tudo será aproximado depois vamos ter tempo para afiar os números, não se amarre sem avançar no plano. Saber estimar quanto nos custaria produzir por dia? por semana? por mês? tendo em vista à matéria prima e mão de obra mínima, gastos fixos do mês, transporte de compra e venda, não esqueça de acrecentar 4 a 6% para fundo de marketing. Agora que já tem tudo isso na mão, Já decidiu se quer montar seu negocio? Pense nisso 1 minuto…

Bom se já esta recuperado da decisão, já temos uma idéia de quanto nos custaria produzir, já temos o custo estimativo do produto, sabemos qual será o mais vantajoso na primeira etapa e na segunda etapa, sabemos que capital será necessário para produzir diariamente, mensalmente etc. Sabemos também que preço terá nosso produto comparado com os concorrentes, que preço e produtos seriam mais vantajosos.

Passo 6 – Decisão e busca de recursos
Agora que já sabe qual o capital operacional necessário para o inicio do nosso negocio, cabe definir se podemos ou não fazer, se é possível ou não realizá-lo, e se você se vê como empresário dentro desse segmento? Se a resposta é sim, então vamos viabilizar de que maneira? Podemos fazer de forma industrial ou iniciamos de forma mais caseira e artesanal? Temos recursos suficientes ou devemos buscar um sócio ou um financiamento.
Vale mencionar que não chegamos até está etapa só para satisfazer uma curiosidade ou guardar as informações no computador ou gaveta.
Se chegamos nesse ponto é hora de fazer acontecer!

Programa Marketing de Relacionamento
Passo 7- Hora De pensar no marketing,
É hora de vender nossa idéia de negócio discursar sobre seu produto por todos os canais que conseguir, mais isso é assunto para um próximo post.
Mais antes disso daremos uma pausa.

Se gostou de nosso post deixe seu comentário, se decidiu realizar, entre em contato conosco de repente podemos te auxiliar.

Plano de Negocio Prático, Dicas Para Montar seu Plano de Negocio pequenas fábricas. (PARTE I)

Esta metodologia de montagem pratica do Plano de Negócio, é aplicado no nosso programa de formação empresarial para empreendedores que adquirem fábricas por meio do Salon Empreendedor. Aqui resumimos sua forma interativa como se usa e como e aplicado no plano, nas tarefas diárias de montagem, de uma pequena fabrica, mais também pode ser aplicável a qualquer segmento.

O Plano de negocio de forma simplificada, da proposta de negocio transmitida de maneira escrita sobre O Plano de Negocio. Descreve o que se pretende fazer e como será planejado o funcionamento do negócio, de como a idéia vai ser tornar real e viável, demonstra que é um ótimo negocio, com uma boa demonstração da rentabilidade e do excelente retorno do capital investido. Evidentemente que isso agrada muito a bancos, instituições financeiras, ONGs, Secretarias Governamentais etc, enfim órgãos que geralmente financiam projetos.
Porque essa é a forma com que se demonstra coerência, lógica quanto a um negocio, portanto você deve convir que deve ser muito convincente, pelo menos no papel, a idéia e que o plano de negocio seja convincente para quem o lê.

Bom...! mais não é esse o formato do Plano de Negócio do qual falaremos a seguir, queremos falar de um plano de negócio que será só para nosso próprio uso de forma mais simples e pratica, o anterior tem um formato mais técnico na organização de seus conteúdos, lembre-se que é para atender o objetivo vital de ser visto e lido por terceiros que geralmente o analisam nos seus mínimos detalhes de formatação, arranjo, enquadramento etc com fim de geralmente liberar ou não uma verba ou financiamento.

Não vamos esperar fazer todo o plano de negocio, para descobrir se o negocio é ou não viável. Vamos deixar isso para os estudantes que precisam se exercitar a fim de alcançar um formato de organização de pensamento básico, sobre conceito de negócios, porque neste caso o objetivo é outro, aí não importa os resultados do estudo se não o processo de realização e exercício da metodologia Aplicada.
Agora sem mais delongas vamos por em pratica, o nosso plano de negócio, se já configuramos bem a idéia de negócio anteriormente (veja post a respeito), idealizamos a viabilidade do negócio por meio do método mais antigo e mais praticado pelos empresário é dizer 2+2, ou seja a lógica básica da matemática dos negócios.

Vamos ao ponto, vamos imaginar que já tem a idéia e sua intuição te diz que é um negócio viável, o que fica e a duvida de como montar o plano de negocio, para que seja eficaz, direcione a potencialidade do eventual negocio.
O que realmente faz diferença para que um plano de negócio seja bem sucedido na pratica não é como se faz ou a formatação que essa pessoa escolha se não quem vai fazer pois é o autor que determinará se o negócio será ou não exitoso.

Nos vamos auxiliar-lo no processo de elaboração do seu plano de negócio aplicativo em nosso próximo post com o mesmo nome.


S A L O N E M P R E N D E D O R
Brasil – Argentina – Paraguai – Chile – Equador - Venezuela
Sede: São Paulo-Brasil
Tel:55-11-2805-1262
Fax:55-11-2805-1262
Tel. 55-13-3029-0607
Tel: 55-13-3596-6809
e-mail: salonemprendedor.br@gmail.com
MSN: salonemprendedor@hotmail.com
Skype:salon.emprendedor.br

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Pequena Fábrica de Polpa de Tomate.

OFERTA DE IMPLANTAÇÃO: FABRICA DE POLPAS DE TOMATE.


O Salon Emprendedor coloca a disposição uma oferta para instalação de: PLANTAS COMPLETAS de POLPA DE TOMATES NATURAIS.
Incluindo processos e formulas técnicas, com equipamentos industriais apropriados para micro indústrias.
Equipamentos e Ferramentas necessários para sua fabrica:

• Um Lavador com três tanques individuais em aço inox, montada em estrutura de ferro pintada, incluiu conexões p/ entradas e saídas de água para cada um dos tanques, equipados com duchas individuais.

• Cozinhador/Escaldador Duplo, com 02 A 04 queimadores a gás, conforme a fabrica selecionada, tipo industrial é equipado com tacho e cesta de imersão para o processo de escaldado dos tomates para desativar enzimas e acentuar a cor.

• 02 Tachos em aço inox ou alumínio escovado, com capacidade de 15/18-22/24-28/30 litros, conforme a unidade selecionada, com seus cestos em aço inox cromado, para imersão dos tomates em tachos de escaldamento para o processo.

• Uma Polpadora de Tomate, com capacidade para 80/100 kg. Conforme seja a escolha. Completamente em aço inox, elétrica, com motor e instalação individual. Para processar tomates com casca/pele, neste processo é separada pela maquina, equipada com tamisadores internos para esta função e colado dimensões em sua textura.

• Dois recipientes em aço inox, exclusivos para recepção de polpa, e outra para captar os resíduos/cascas dos tomates, processadas pela polpadora de tomates.

• Um Tanque Dosificador Manual de 15/18 litros, com uma caneleta (chave) e bico dosificador metálico sanitário, para o preenchimento de embalagens das polpas ou salsas de tomates,

• Um Liquidificador Industrial, com capacidade p/ 07 a 12 litros, conforme fabrica selecionada. Para as tarefas de homogenização ou misturas, para outros processos de apoio. Assim como a produção de sucos, salsas e polpas. Capacidade conforme unidade de fabricação de polpas selecionada.

• Uma Seladora com soldada elétrica, para bolsas plásticas com temporizador, de 30/40 cm. de área de selagem, versão de mesa ou bancada com pedestal.

• Uma Balança Elétrica Digital de bancada, para pesagem de produtos e matérias primas, também essencial para pesagem das polpas embaladas a fim de cumprir com os requisitos de pesagem

Outros recursos necessários para sua fabrica:
Equipamentos Opcionais de Congelamento/Armazenagem (Não Incluídos na proposta). Já que na maioria dos casos esta oferta e encontrada localmente.
Necessidade Mínima: 01 Congelador para o congelamento rápido. 01/02 congeladores para armazenar e manter as polpas. NÃO INCLUIDO.
• Área de instalação sugerida para sua fabrica é de 24/30 mts2. Não esta incluída, área para escritórios comerciais - administrativos.
Mão de Obra: Serão necessários 03/04 operadores. Obs.: A capacitação inicial dos operadores é de 01 uma semana.

Resume de Itens de suporte e componentes de nossa oferta:
a) A oferta inclui: Unidade completa de fabricação com acompanhamento.
b) Manuais técnicos de fabricação passo a passo e suporte on-line p / Suporte.
c) Cartilha de montagem e instalação Industrial para uma área mínima de 20/24 m2.
d)Fluxo-grama de processamento e ferramentas de gestão operacional.
e) Preparação Técnica do Programa de Empreendedorismo com início imediato via on-line.
f) Vídeo sobre as técnicas de fabricação e processos de fabricação passo a passo.
g) PAE-Programa de Acompanhamento Empresarial (duração de 03 a 04 meses).
h) Acompanhamento via on-line para elaboração do Plano de Negócios ( 100% aplicativo).
i) Cronograma para a implementação do empreendimento.

Termos e Condições de implementação:
• Pagamento: 15% de sinal para fechamento da compra
30% No pedido dos equipamentos e inicio da consultoria
15% No embarque das maquinas e equipamentos
30% Na entrega da fábrica e termino da consultoria.

O pagamento e confirmação de deposito do sinal do contrato ativaram a visita de um consultor ou diretor do Salon Emprendedor até a localidade do comprador da fabrica onde serão iniciadas toda o trabalho de consultoria para instalação bem como a elaboração do projeto e confecção do plano de negocio do empreendimento. Se trata de uma visita técnica de 05 a 07 dias, com o intuito de visitar o mercado local selecionar provedores, possíveis compradores locais e ponto de venta, analise dos custos locais e das matérias primas, assim como a formatação técnica dos custos de produção e rentabilidade estimada.
Nesta visita assinamos o contrato para despacho da fábrica assim como apresentaremos o cronograma de instalação tendo vista custos de despachos, frete do maquinário respectivo.


• Sobre o programa de apoio PAE: conjunto de 2 reuniões semanais em um mês (webconference) e 01 encontro semanal durante 2 meses, até o efetivo funcionamento do empreendimento.
Se necessário, o deslocamento de um dos consultores do Salon Emprendedor até as instalações do comprador, . Os custos serão compartilhados entre as partes.

S A L O N E M P R E N D E D O R
Brasil – Argentina – Paraguai – Chile – Equador - Venezuela
Sede: São Paulo-Brasil
Tel:55-11-2805-1262
Fax:55-11-2805-1262
Tel. 55-13-3029-0607
Tel: 55-13-3596-6809
e-mail: salonemprendedor.br@gmail.com
MSN: salonemprendedor@hotmail.com
Skype:salon.emprendedor.br

Sua Idéia de Negócio se Transformando No Plano de Negócio

Quer Planejar a Montagem da sua Pequena Fábrica ou Micro Indústria?

Segue abaixo, dicas para ajudar a montar seu plano de negócio.







Estas e outras são interrogantes muito comuns para pessoas que desejam empreender mais não tem segurança com relação a viabilidade/ sustentabilidade do mercado ao qual deseja atuar, por tal motivo listamos as principais interrogantes para estruturar sua “Idéia de Negócio”.

Um Guia prático, utilizado na formação de empreendedores técnicos, pelo Salon Emprendedor de autoria do nosso diretor Luis Quezada, é usado em nossos programas de acompanhamento empresarial aos empreendedores produtivos (fabricantes), mais aplicável a qualquer negócio, permite posicionar suas idéias de empreendimento, para alcançar a formação mais aplicativa da própria “idéia de negocio” cujo objetivo é simplificar seu processo e criar uma ferramenta de reflexos rápidos na tomada de decisão, Se trata de uma metodologia pratica, de execução e captura do mais essencial de uma Idéia de negocio, sem a necessidade de recorrer a longos estudos teóricos, que são muito comum nos empreendedores sem pratica empresarial.

Sabia você que existe uma porcentagem muito alta de grandes empresários e empreendedores exitosos, que não fazem uso de planos de negocio, é dizer, não elaboram por escrito em formato de plano de negocio suas idéias, mais sim, tem na ponta da língua, um bom resume, convincente e persuasivo de sua “idéia de negocio” que faz com que seus interlocutores se sintam atraídos e cativados com a Idéia.

O que significa “a Idea de negocio”, em parte esta pergunta já foi respondida no parágrafo acima mais vale uma explanação mais detalhada a respeito .

A “idéia de negocio” deve ser um resume ou como gostamos de chamar: um extrato essencial da Idea ou proposta do seu negocio, na pratica deve responder sem titubeios e de forma convincente as seguintes perguntas:
A-) De que se trata seu negocio? (Isto pode ser escrito em 02 linhas ou falado em não mais de 30 segundos)
B-) Como e porque esse negócio é rentável? (Demonstre com exemplo aplicativo e pratico, tal como a resposta de que 2+2 é igual a 4).
C-) Como se implementaria este negócio? Demonstre sua capacidade e recursos que possui para realizar seu projeto, ( descreva em um minuto ou no máximo 5 linhas).

Isso e ter ou montar una idéia de negocio! o resto, é resto! são apenas boas ideais, mais como dizemos em um dos artigos anteriores: “de boas idéias e boas intenções os cemitérios esta cheio”.

Lembre que neste mesmo instante, agora, enquanto você esta lendo este post, existe milhões de idéias sendo criadas, lapidadas e divulgadas, mais só as idéias capazes de se converterem em realidade serão excelentes idéias.

Mais vamos deixar por enquanto de lado estas definições e vamos a cuidar da sua idéia.

Mãos a obra e comecemos responder algumas perguntas que servirão de base para montar o marco conceitual e a lógica de nossas idéia de negocio que pretendemos montar.
Tecnicamente montamos perguntas que estão abordadas de forma metodológica a fim de criar um conceito de negocio, possuem a base para armar posteriormente seu Plano de negócios, para que desta forma você empreendedor possa ir em busca de seu financiamento, ou simplesmente possa te servir de guia no direcionamento de seu negocio planificado.

Sugerimos assim como fizemos, para que cada interrogante tenha sua prioridade dentro da abordagem teórica, vale ressaltar que se você empreendedor com base em sua experiência ou dedução acredita que deve ser abordado de diferente maneira ou ordem, não se preocupe, faça! Deixe que sua intuição e percepção sejam seus guia.

Lembre-se que se a razão com conhecimento teórico de administração fosse a formula do êxito, todos os PHD’s , Mestres e Doutores em administração de empresas, seriam empresários e donos de grandes multinacionais.

Sem mais “delongas” vamos as interrogantes para montar sua idéia de negócio:

1-) Já tem uma idéia entusiasmante e contagiante, o suficiente como para repensar e trabalhar planejando a viabilidade da sua idéia de negócio?
2-)Quais são seus recursos predominantes, os que já dispõe para o desafio: Capital, experiência, tecnologia, especialidade, habilidade, conhecimento, instalações, relacionamentos, comportamentos etc. (agregue mais alguns se desejar)
3-)Que recursos determinante exigiria este empreendimento?
4-)Já tem um referencial básico de mercado, sobre os produtos de seus concorrentes diretos e indiretos, seus preços, qualidade, distribuição, etc.?
5-)Sabe quanto poderiam pagar pelo seu produto? Isso seria lucrativo o suficiente para você?
6-) A que tipo de consumidor estará dirigido seus produtos e serviços?
7-)Por que seu empreendimento promete ser um sucesso no mercado, quais são seus diferenciais, que permitirão sua introdução e posicionamento no mercado?
8-)Que segmento especifico de mercado será atendido pela sua fábrica?
9-)Que setor do mercado seria mais rentável para seus produtos, y que recursos deveria acionar para poder ter acesso a ele?
10-)Que serviços acompanham os seus produtos que permitem sua aceitação no mercado?
11-)Quanto você acredita que seja o capital inicial aproximado que precisa para este negócio?
12-)Quais seriam os volumes de produção e venda que poderiam ter ou controlar em uma 1ª , 2ª e terceira etapa, com quanto de caixa poderia contar?
13-)Ja tem um plano de vida para você, e já conseguiu se enxergar nele? Nesse plano de vida já contempla seu novo empreendimento, seria este, um bom complemento na sua vida?
14-)Qual pauta de produtos selecionará para 1ª etapa e para as outras?
15-)Já monto sua agenda de evolução para ver a viabilidade do negócio?
16-)Que preparação e motivação você tem que possam impulsionar a montagem deste negócio com êxito e que experiências podem te ajudar?

Esperamos que com este questionário de orientação aplicativa, sirva de guia para montar tecnicamente sua idéia de negocio, ao completá-lo em parte já terá uma base sólida para seu Plano de Negócios, seja para guiar seu negocio ou tenha para pleitear um financiamento.

Este Blog de conteúdo tem a intenção de fornecer informações relevantes para futuros empreendedores que desejam montar um negócio produtivo.

O Salon Emprendedor Brasil utilizará este blog também para ofertar PLANTAS COMPLETAS de fabricação. Incluindo os processos e formulas técnicas, com equipamentos industriais apropriados para micro indústrias.


S A L O N E M P R E N D E D O R
Brasil – Argentina – Paraguai – Chile – Equador - Venezuela
Sede: São Paulo-Brasil
Tel:55-11-2805-1262
Fax:55-11-2805-1262
Tel. 55-13-3029-0607
Tel: 55-13-3596-6809
e-mail: salonemprendedor.br@gmail.com
MSN: salonemprendedor@hotmail.com
Skype:salon.emprendedor.br

Processamento Leite,Receita Para Fabricação de Queijo.

rocesso de Fabricação de Queijos


Passo a Passo de Como Fabricar Queijos e a Opção de Montar sua “Fabrica Queijeira”.

PA pesar de milenar, a fabricação de queijo vem se modificando, se adaptando aos processos industriais de grande porte. Porém vocacionamente entendemos que a atividade artesanal ainda tem seu espaço, pois apenas através dela é possível acompanhar de perto cada passo da produção, imprimindo uma personalidade a cada tipo de queijo, esse diferencial competitivo abre seu espaço dentro do mercado, paralelo a necessidade dos consumidores em buscarem novas experiências de consumo.
Quem sabe não seja a oportunidade de você pensar neste negocio e se for este o caso lhe daremos algumas ferramentas e informações que possa lhe ajudar a decifrar este apaixonante negocio agro - alimentar.

PROCESO e FABRICAÇÃO DE QUEIJOS (abordagem genérica)
Recepção da Matéria prima.
Recepção: Tarefa na qual o leite é higienizado com o fim de eliminar suas impurezas provenientes do tambo, esta operação se realiza com um tanque em aço inox. De recepção equipado com coadores super finos.

Homogeneização do leite, pode ser feita a homogenização se a intenção e que se tenha parâmetros específicos de gordura para isso se utilizam desnatadores que por ação de centrifuga separam o gordura láctea. No caso da não realização deste tratamento de homeginação, o queijo se fabrica com leite integral.

Armazenamento: Posteriormente, se o leite não for submetido ao processo de fabricação de queijo no ato, deve-se esfriá-lo a 3-4° , pois esta é a temperatura ideal tanto para conservação quanto para transporte.
Pasteurização: Tratamentos térmicos do leite: Antes de iniciar a fabricação de queijo, seja com leite recém ordenhado, refrigerado ou armazenado o leite deve ser submetido a um processo térmico a 72/80° durante 20/40 segundos, esse processo se chama pasteurização, realizado com equipamentos de pasteurização com controle de temperatura, seu objetivo é eliminar micróbios patogenos do leite. Quando esse processo não é aplicado dizemos que o queijo foi fabricado com leite Crú.
O Queijo fabricado com leite cru, é muito saboroso, e pode ser consumido sem nenhum problema, respeitando sempre sua maturação mínima de mais de 60 dias a uma temperatura de 5°, salvo se o leite procede de tambos higienizados e com boas praticas de produção.

Tanqueado: Preenchimento do Tanque e incorporação de fermentos.
Uma vez que o leite foi tratado termicamente, o cru, deve ser colocado em um tanque ou cuba para que possa ser submetido a processo de esquentamento a temperatura de 25-30° onde serão incorporadas o cultivo de bactérias lácteas e fermentadas, mohos cuja missão é fazer crescer, dar aromas e sabores que serão desenvolvidos em um próximo processo (maturação).
Coagulação do Leite: Na sequência, se inclui o coalho em porções indicadas pelo fabricante e dependendo do tipo de queijo a ser fabricado. Neste momento é quando de fato o leite passa a transformar-se em queijo, tendo em vista que a caseína (importante proteína do leite) é coagulada a uns 30/32°, as formulas para a fabricação conforme o queijo vão entre 30/35° Outra técnica de coagulação é mediante a acidificação do leite, nesta se deixa o leite em temperatura ambiente e sua acidez vai subindo até que passa adquirir um aspecto de coagulado ou de “leite coalhado” este sistema é utilizado na fabricação de vários tipos de queijos.

Corte da massa coalhada:
Quando a coagulação estiver terminada a massa ou pasta coalhada deve ser cortada mediante facas ou liras, o objeto de cortar a massa é conseguir com grãos/quadrados de maior ou menor tamanho, dependendo do soro que se deseja reter, normalmente um queijo mais úmido (queijos frescos) estão formados por grãos maiores, É nessa fase que se extrai o soro que sobra (soro e a parte liquida do leite que não foi aproveitada na fabricação do queijo) cujo qual dentre outras aplicações se usa para fabricar ricota.

Esquentamento da Coalhada:
A massa ou pasta coalhada, una vez que tenha sido cortada
deve-se levada a seu esquentamento entre 30/40°, enquanto é agitada para que os grãos permaneçam separados e não continuem a se unir. Quanto mais quente ficarem os quadrinhos/grãos de massa, mais seco será o resultado devido ao maior desprendimento de soro. Em função da temperatura que ha sido submetida a massa ou pasta, denominamos: pasta/massa macia, pasta/massa semi-cozida,

A Prensagem do Queijo.
Finalizado o esquentamento, se procede ao preenchimento dos moldes que darão forma e tamanho ao queijo. Os moldes podem ser submetidos a uma prensa. Esta Pressão produz uma eliminação de soro e permite com que o queijo adote formas mais acentuadas. Assim falamos de queijos de pasta/massa prensada e de queijos de massa/pasta não prensado.
Selagem do Queijo

Uma vez que o queijo foi prensado, passamos para a fase de selagem, esta pode ser feita a seco, aplicando diretamente sobre a massa ou por imersão em água com sal ou salmoura.
Maturado. A Maturação do queijo

A maturação é a última fase da fabricação, esta pode durar desde algumas horas, até vários meses, variando conforme o tipo de queijo que se deseja obter. Neste processo de maturação se desenvolvem uma grande quantidade de aromas e sabores. A Maturação se leva a cabo em zonas especialmente condicionadas para isso, onde a temperatura e a umidade são adequadas para cada tipo de queijo, o que implica adaptar instalações, com clima controlado, mesmo que existe algumas regiões que possuem condições naturais de temperatura e umidade, o que dão uma origem especial a seus queijos.

S A L O N E M P R E N D E D O R
Brasil – Argentina – Paraguai – Chile – Equador - Venezuela
Sede: São Paulo-Brasil
Tel: 55-11-2805-1262
Fax: 55-11-2805-1262
Tel: 55-13-3029-0607
Tel: 55-13-3596-6809
e-mail: salonemprendedor.br@gmail.com
MSN: salonemprendedor@hotmail.com
Skype:salon.emprendedor.br

Pequena Fábrica de Tijolos Ecológicos (Solo e Cimento)

OFERTA DE IMPLANTACIÓN DE FÁBRICA DE TIJOLOS.



O Salon Emprendedor coloca a disposição e oferta instalação: Fabrica para produzir tijolos ecológicos, sem queima, pelo sistema de prensa solo-cimento, com equipamentos industriais apropriados para micro industrias.
Maquinas e Equipamentos: Unidade Completa p/ Produção de tijolos sistema solo-cimento

Maquina Prensadora de Tijolos: Equipamento de construção robusta em aço carbono 1045 de alta resistência com solda Mig, amortecedores de impacto y rolamentos que evitam o desgaste e fadiga de uso. Equipada com caixa receptora de terra para preenchimento do molde a ser prensado, adequada para troca de moldes de tijolos.
Com capacidade para produzir de 01 a 02 tijolos por vez, dependendo da escolha da unidade de fabricação.
1) 1200 tijolos por dia 2) 1800 tijolos por dia. Em medidas de 10X5X15 / 12,5X25X6,25/ 15X30X7,5.

Triturador de Terra Motorizado. Equipamento para destorrar a terra e obter uma matéria prima mais homogênea, que auxiliará na obtenção de um produto final com excelente aparência e textura. Este equipamento, permite alimentação a até 03 maquinas prensadoras de tijolos em sua línea de fabricação. Este equipamento esta previsto com um motor de 2 o 3 hp monofásico o trifásico.

Tamisador/colador de Terra. Equipamento com homogeneizador de matéria prima e classificador de resíduos não desejáveis como folhas, cascas, pedras, vidros, etc. Permite uniformidade na granulométrica da terra a ser utilizada nos tijolos e melhora o acabamento dos mesmos, permitindo una melhor compactação e aparência. Unidades disponíveis em duas versões, sendo uma motorizada e a outra com acionamento manual, especial para lugares sem eletricidade. Para locais onde a terra e menos densa e destorrada ou solta, poderá ser substituído o destorrador.

Moldes para Tijolos. As unidades são equipadas e anexadas, com moldes para diversos tipos de tijolos, utilizados na forma intercambiáveis, são construídos em alumínio - antimônio duro, de alto impacto. As unidades de fabricação são acompanhadas por moldes de tijolos:
Médios,
Compactos/planos sem perfuração
Molde de tijolo modular com 2 alvéolos.
Outros modelos conforme a escolha da fabrica a pedido do fabricante.


Outros recursos necessarios para sua fabrica

• Área sugerida para instalação da fabrica: é de 60/80 m² de terreno plano para a secagem dos tijolos mais uma área coberta para proteção de chuva, sol muito forte além do mais espaço para escritório comercial, administrativo adaptável a cada plano de negócio.
Mão de Obra: Se faz necessária a participação de 03/04 operadores

Resume de Itens de suporte e componentes de nossa oferta:
a) A oferta inclui: Unidade completa de fabricação com acompanhamento.
b) Manuais técnicos de fabricação passo a passo e suporte on-line p / Suporte.
c) Cartilha de montagem e instalação Industrial para uma área mínima de 20/24 m2.
d)Fluxo-grama de processamento e ferramentas de gestão operacional.
e) Preparação Técnica do Programa de Empreendedorismo com início imediato via on-line.
f) Vídeo sobre as técnicas de fabricação e processos de fabricação passo a passo.
g) PAE-Programa de Acompanhamento Empresarial (duração de 03 a 04 meses).
h) Acompanhamento via on-line para elaboração do Plano de Negócios ( 100% aplicativo).
i) Cronograma para a implementação do empreendimento.


Termos e Condições de implementação:
• Pagamento:
15% de sinal para fechamento da compra e inicio das consultorias
30% No pedido dos equipamentos
15% No embarque das maquinas e equipamentos
30% Na entrega da fábrica e termino da consultoria.

O pagamento e confirmação de deposito do sinal do contrato, ativara a visita de um consultor ou diretor do Salon Emprendedor até a localidade do comprador da fabrica onde serão iniciadas toda o trabalho de consultoria para instalação bem como a elaboração do projeto e confecção do plano de negocio do empreendimento. Se trata de uma visita técnica de 05 a 07 dias, com o intuito de visitar o mercado local selecionar provedores, possíveis compradores locais e ponto de venta, analise dos custos locais e das matérias primas, assim como a formatação técnica dos custos de produção e rentabilidade estimada.
Nesta visita assinamos o contrato para despacho da fábrica assim como apresentaremos o cronograma de instalação tendo vista custos de despachos, frete do maquinário respectivo.




• Sobre o programa de apoio PAE: conjunto de 2 reuniões semanais em um mês e 01 encontro semanal durante 2 meses (webconference) , até o efetivo funcionamento do empreendimento.
Se necessário, o deslocamento de um dos consultores do Salon Emprendedor até as instalações do comprador, os custos serão compartilhados entre as partes.



S A L O N E M P R E N D E D O R
Brasil – Argentina – Paraguai – Chile – Equador - Venezuela
Sede: São Paulo-Brasil
Tel. 55-13-3029-0607
Tel: 55-13-3596-6809
Tel: 55-11-2805-1262
Fax: 55-11-2805-1262
e-mail: salonemprendedor.br@gmail.com
MSN: salonemprendedor@hotmail.com
Skype:salon.emprendedor.br

sábado, 21 de maio de 2011

Pequena Fábrica Para Produzir Ração Animal

OFERTA DE IMPLANTAÇÃO: FABRICA DE RAÇÃO BALANCEADA


O Salon Emprendedor coloca a disposição uma oferta para instalação de fabrica COMPACTA para fabricar produtos balanceados para alimentação animal, incluindo processos e formulas técnicas, com equipamentos industriais apropriados para micro industrias.

Maquina e Equipamentos para Fabricação:

• Uma Balança de Plataforma. Equipamento para recepção e pesagem dos componentes da formula e pesagem de produtos terminados. Unidade de pesagem de 50/100grs a 150/200kg. Adequada para as tarefas da fabrica.
• Uma Tolva (funil) de Carga e recepção, para a recepção de carga dos insumos e componentes da formula da ração, introduzida na unidade de processamento compacta ou fabrica de ração. Capacidade da tolva (funil) conforme tamanho da unidade selecionada, capacidade de elevação instalada de 3 metros.
• Um Rotor de parafuso helicoidal de Elevação. Unidade cilíndrica para elevação motora dos componentes, utilizada para transportar os insumos até o moinho triturador, equipado com motor elétrico com capacidade de 01 CV.
• Um Moinho de Martelo. Equipamento industrial de trituração de grãos e insumos, com capacidade de produção de 500/700 e 1.000 kg. Equipado com motores de 05 CV, 07 CV, 10 CV de potencia, Inclui tamisadores de moagem para 1.5 e 3,5 mm. Conforme o tamanho da fábrica selecionada.
• Una Tolva (funil) de Armazenagem. Unidade que atua como uma caixa de armazenamento para a posterior alimentação do misturador industrial que contem a formula da ração, com capacidade adequada as opções de fabricação propostas nesta oferta.
• Um Misturador de Ração: Unidade com capacidade de misturar os componentes da formula a cada 03 e 05 minutos, equipado com uma unidade de mistura interna e motor elétrico de 3 CV adequado a função e processos de capacidade.
• Una Tolva (funil) de Recepção de Moinho. Caixa receptora dos componentes moídos para a mistura, tolva que alimenta o misturador da formula, adequado ao sistema de alimentação da unidade compacta.
• Um Descarregador de Ração. Unidade de descarga para enchimento das bolsas ou sacos com o produto final processado, equipamento ja incorporado a sua Planta Compacta, que inclui ainda um apoiador de sacos para enchimento.
• Uma seladora de bolsas plásticas, com selagem por indução de calor elétrico, equipada com temporizador e controle da temperatura de selagem, conforme a espessura (o micrones) do polietileno o polipropileno utilizado.
• Una maquina de costurar sacos. Equipamento elétrico e manual de aplicação portátil para costurar e fechar sacos de ráfia material similar com capacidade para 300 a 500 sacos por hora.
• Dimensões da Unidade Compacta: 2 mts X 2.5mts X 3.0 mts.
Outros recursos necessarios para sua fabrica
• Área sugerida de instalação da fabrica é de 18/24 mts2.
Obs.: Vale mencionar que não estamos incluindo, área para escritório comercial - administrativo etc.
• Mano de Obra: 03/04 Operadores

Resume de Itens de suporte e componentes de nossa oferta:
a) A oferta inclui: Unidade completa de fabricação com acompanhamento.
b) Manuais técnicos de fabricação passo a passo e suporte on-line p / Suporte.
c) Cartilha de montagem e instalação Industrial para uma área mínima de 20/24 m2.
d)Fluxo-grama de processamento e ferramentas de gestão operacional.
e) Preparação Técnica do Programa de Empreendedorismo com início imediato via on-line.
f) Vídeo sobre as técnicas de fabricação e processos de fabricação passo a passo.
g) PAE-Programa de Acompanhamento Empresarial (duração de 03 a 04 meses).
h) Acompanhamento via on-line para elaboração do Plano de Negócios ( 100% aplicativo).
i) Cronograma para a implementação do empreendimento.






Termos e Condições de implementação:
• Pagamento: 15% de sinal para fechamento da compra
30% No pedido dos equipamentos e inicio da consultoria
15% No embarque das maquinas e equipamentos
30% Na entrega da fábrica e termino da consultoria.

O pagamento e confirmação de deposito do sinal do contrato, ativara a visita de um consultor ou diretor do Salon Emprendedor até a localidade do comprador da fabrica onde serão iniciadas toda o trabalho de consultoria para instalação bem como a elaboração do projeto e confecção do plano de negocio do empreendimento. Se trata de uma visita técnica de 05 a 07 dias, com o intuito de visitar o mercado local selecionar provedores, possíveis compradores locais e ponto de venta, analise dos custos locais e das matérias primas, assim como a formatação técnica dos custos de produção e rentabilidade estimada.
Nesta visita assinamos o contrato para despacho da fábrica assim como apresentaremos o cronograma de instalação tendo vista custos de despachos, frete do maquinário respectivo.


• Sobre o programa de apoio PAE: conjunto de 2 reuniões semanais em um mês (webconference) e 01 encontro semanal durante 2 meses, até o efetivo funcionamento do empreendimento.
Se necessário, o deslocamento de um dos consultores do Salon Emprendedor até as instalações do comprador, . Os custos serão compartilhados entre as partes.


S A L O N E M P R E N D E D O R
Brasil – Argentina – Paraguai – Chile – Equador - Venezuela
Sede: São Paulo-Brasil
Tel:55-11-2805-1262
Fax:55-11-2805-1262
Tel. 55-13-3029-0607
Tel: 55-13-3596-6809
e-mail: salonemprendedor.br@gmail.com
MSN: salonemprendedor@hotmail.com
Skype:salon.emprendedor.br

Pequena Fábrica de Açúcar Mascavo, Rapadura , Melaço

OFERTA P/IMPLANTAÇÃO DE FÁBRICA AÇUCAR MASCAVO, RAPADURA, MELAÇO


Maquinas e Equipamentos para Processar Cana de Açúcar: Melaço, Açúcar Mascavo, Rapadura em Tabletes/Barras/Blocos.
Descritivo dos equipamentos para as unidades básicas e genérica.

O Salón Emprendedor coloca a disposição uma oferta para instalação: Uma PLANTA COMPLETA para fabricar AÇÚCAR MASCAVO, MELAÇO E RAPADURA incluindo processos e formulas técnicas, com equipamentos industriais apropriados para micro indústrias.


• Um Engenho completo para moenda de cana de açúcar: unidade montada em estrutura metálica com chassis reforçado de sustentação, é equipado com moinho para cana com capacidades de 200//300/400.Lh motor de 2 e 3,5hp. Equipamento para a extração de caldo ou suco de cana de açúcar.
• Conjunto Batedor de: mel-melaço, açúcar mascavo e rapadura, com capacidades de 20/30/40/50kg por carga o bahts com motor monofásico (ou trifásico) de 3/5/7cv. Conforme fabrica seleciona. Construído em estrutura metálica reforçada, equipado com um conjunto de aspas rotatórias e garfos metálicos para bater e misturar a receita. Pesos aproximados do conjunto 130/220/310.
•Tacho batedor o mel, açúcar mascavo construído em aço 304 inoxidável ou aço carbono, conforme fabrica. Com capacidade de 150/180 lts. Para instalar na base do batedor, com diâmetro inferior de 79/80 cm e diâmetro superior de 89/90 de boca.
•Tanque-Tacho para cozinhar o caldo/suco de cana de açúcar, construído em aço carbono com formato retangular e capacidade para cozinhar 200/400 lts de caldo, medidas aprox. Base 1.55 de largura por 0,65 de comprimento e na parte superior (boca) de 1.67/70 por 0,72/75. Tachos em aço inoxidável são opcionais e sobre consulta.
•Decantador para o caldo, construído em aço inoxidável tipo 304, para etapa de decantação e sedimentação das impurezas e resíduos indesejáveis para o processo. Medidas aproximadas: de 1.50 de largo por 0,40/50 de ancho. Equipado com espumadeiras para limpeza do caldo.
•Uma Balança digital de plataforma. Equipamento para recepção e pesagem da matéria prima, cana de açúcar: para o controle de compra e de rendimentos da produção, bem como os produtos, açúcar, panela em blocos terminados para depois ir ao empacotamento. Unidade de pesagem a partir de 50/150grs até 150/200/300 kg conforme fabrica.
•Uma Seladora de Bolsas plásticas, selador por indução e calor elétrico, equipada com temporizador e controle da temperatura da selagem, conforme o espesor (o micrones) do polietileno ou polipropileno utilizado. Equipamento para pacotes de 1 kg com produtos fracionados para o consumidor final.

• Uma Balança Elétrica Digital: Essencial para as operações de controle de rendimentos, produtos empacotados, fracionados que sairão ao mercado, essencial para o controle e verificação de pesos dos pacotes.

• Deve incluir-se: um forno ou cozinhador seja a lenha ou a gás: Para o cozimento do caldo no tacho cozinhador. Devido a preferência e usar lenha ou resíduos agrícolas (como bagaço de cana) incluímos esta primeira opção nesta proposta. Caso desejar podemos fazer orçamento da opção a gás.

•Para Unidades com combustão a Vapor: Se deve adequar uma caldeira a vapor: equipamento opcional que pode ser instalado na planta de processamento. Pedimos que também solicitem orçamento, caso julguem necessário.

Outros recursos necessários para sua fabrica

• Área sugerida para instalação da fabrica é de 28/34 mts2. Não incluída, área de escritórios comerciais e administrativos ou estoque de materia prima.
• Mão de Obra: 04/06 Operadores

Resume de Itens de suporte e componentes de nossa oferta:
a) A oferta inclui: Unidade completa de fabricação com acompanhamento.
b) Manuais técnicos de fabricação passo a passo e suporte on-line p / Suporte.
c) Cartilha de montagem e instalação Industrial para uma área mínima de 20/24 m2.
d)Fluxo-grama de processamento e ferramentas de gestão operacional.
e) Preparação Técnica do Programa de Empreendedorismo com início imediato via on-line.
f) Vídeo sobre as técnicas de fabricação e processos de fabricação passo a passo.
g) PAE-Programa de Acompanhamento Empresarial (duração de 03 a 04 meses).
h) Acompanhamento via on-line para elaboração do Plano de Negócios ( 100% aplicativo).
i) Cronograma para a implementação do empreendimento.

Termos e Condições de implementação:
• Pagamento: 15% de sinal para fechamento da compra
30% No pedido dos equipamentos e inicio da consultoria
15% No embarque das maquinas e equipamentos
30% Na entrega da fábrica e termino da consultoria.

O pagamento e confirmação de deposito do sinal do contrato ativaram a visita de um consultor ou diretor do Salon Emprendedor até a localidade do comprador da fabrica onde serão iniciadas toda o trabalho de consultoria para instalação bem como a elaboração do projeto e confecção do plano de negocio do empreendimento. Se trata de uma visita técnica de 05 a 07 dias, com o intuito de visitar o mercado local selecionar provedores, possíveis compradores locais e ponto de venta, analise dos custos locais e das matérias primas, assim como a formatação técnica dos custos de produção e rentabilidade estimada.
Nesta visita assinamos o contrato para despacho da fábrica assim como apresentaremos o cronograma de instalação tendo vista custos de despachos, frete do maquinário respectivo.


• Sobre o programa de apoio PAE: conjunto de 2 reuniões semanais em um mês (webconference) e 01 encontro semanal durante 2 meses, até o efetivo funcionamento do empreendimento.
Se necessário, o deslocamento de um dos consultores do Salon Emprendedor até as instalações do comprador, . Os custos serão compartilhados entre as partes.

S A L O N E M P R E N D E D O R
Brasil – Argentina – Paraguai – Chile – Equador - Venezuela
Sede: São Paulo-Brasil
Tel. 55-13-3029-0607
Tel: 55-13-3596-6809
Tel:55-11-2805-1262
Fax:55-11-2805-1262
e-mail: salonemprendedor.br@gmail.com
MSN: salonemprendedor@hotmail.com
Skype:salon.emprendedor.br

Pequena Fábrica: Planta Tostadora Café

OFERTA P/IMPLANTAÇÃO DE PLANTAS PROCESADORAS E TORRADORA DE CAFÉ.



Maquina e Equipamentos p/Processar Café Torrado e Moído.
Unidades Completas. Com Plantas de 260 a 900/1000 Kg por dia.
OBS: Opções com maior produção superior apenas sobre consulta.

O Salon Emprendedor coloca a disposição a oferta para instalação: PLANTAS COMPLETAS para PROCESAR CAFÉ TORRADO. Incluindo os processos e formulas técnicas, com equipamentos industriais apropriados para micro industrias torradora.

• TORRADOR DE CAFÉ MOD. ESTÁNDAR. Com uma capacidade de 15/20/3045 kg por Bath ou carga, conforme planta torradora selecionada, com um tempo médio de tostado de 20 min. com ciclo de 20/30 min. Uma produção diária a partir de 240/250 kg por dia. Equipado com Termômetro 0 a 300º graus. Queimador a gás com distribuição homogênea de chama, construído com isolamento térmico de alta capacidade para retenção do calor. Sistema completo de extrair gases e partículas. Funcionamento: a gás (GLP). Potencia: 0.25 cv

• RESFRIADOR DE CAFÉ MOD. ESTANDARD. Capacidade de 15 kg por carga, com um tempo médio para o esfriamento, que é de 01/03 minutos. Equipado com um Sistema completo de extração de gases e películas residuais. O Sistema de esfriamento e feito através de ar frio e acionado por paletas giratórias. Potencia total: 0.50 cv.

• COLETOR DE PELÍCULAS MOD. ESTANDAR. Unidade com Sistema para a retenção das películas e partículas provenientes do tostado de café. Método denominado “ciclone”, é fabricado en aço carbono.

• PAINEL DE COMANDO E CONTROL DE TORREFAÇÃO. Botões para conexão e desconexão dos sistemas e motores da unidade. Um Indicador digital de temperatura para o tostado e um Sensor de captação de temperatura dos grãos de café. Emissão de sinal sonoro assim que alcançada a temperatura desejada. Válvula para fechar automaticamente o sistema de gás, em caso de falta de energia. Inclui funções p/ auxiliar o operador no funcionamento da Planta de torrefação.

• BALANÇA DIGITAL DE PLATAFORMA. Equipam ento para pesagem e recepção do café verde em sacos, a ser processados e tostados. Para o controle de rendimentos e pesagem de produto acabado para logo ser empacotado, bem como as cargas com café fracionados para despacho. Unidade de pesagem de 50/100 grs a 150/200/350 kg. Adequada para as tarefas da fábrica.

• SELADORA DE BOLSAS PLÁSTICAS, com selagem por indução e calor elétrico, equipada com temporizador e controle de temperatura de selagem, conforme o espesor (o micrones) do polietileno o polipropileno, utilizado para empacotamento do café e seu fracionamento em tamanhos e pesos, conforme mercado alvo de consumo final.

• BALANÇA ELÉCTRICA DIGITAL: Essencial para as operações de controle de rendimentos, produtos empacotados e fracionados que sairão ao mercado,necessária para a pesagem de controle e verificação de pesos de café empacotado que sairá ao mercado.


Resume de Itens de suporte e componentes de nossa oferta:
a) A oferta inclui: Unidade completa de fabricação com acompanhamento.
b) Manuais técnicos de fabricação passo a passo e suporte on-line p / Suporte.
c) Cartilha de montagem e instalação Industrial para uma área mínima de 20/24 m2.
d)Fluxo-grama de processamento e ferramentas de gestão operacional.
e) Preparação Técnica do Programa de Empreendedorismo com início imediato via on-line.
f) Vídeo sobre as técnicas de fabricação e processos de fabricação passo a passo.
g) PAE-Programa de Acompanhamento Empresarial (duração de 03 a 04 meses).
h) Acompanhamento via on-line para elaboração do Plano de Negócios ( 100% aplicativo).
i) Cronograma para a implementação do empreendimento.

Termos e Condições de implementação:
• Pagamento: 15% de sinal para fechamento da compra
30% No pedido dos equipamentos e inicio da consultoria
15% No embarque das maquinas e equipamentos
30% Na entrega da fábrica e termino da consultoria.

O pagamento e confirmação de deposito do sinal do contrato, ativara a visita de um consultor ou diretor do Salon Emprendedor até a localidade do comprador da fabrica onde serão iniciadas toda o trabalho de consultoria para instalação bem como a elaboração do projeto e confecção do plano de negocio do empreendimento. Se trata de uma visita técnica de 05 a 07 dias, com o intuito de visitar o mercado local selecionar provedores, possíveis compradores locais e ponto de venta, analise dos custos locais e das matérias primas, assim como a formatação técnica dos custos de produção e rentabilidade estimada.
Nesta visita assinamos o contrato para despacho da fábrica assim como apresentaremos o cronograma de instalação tendo vista custos de despachos, frete do maquinário respectivo.


• Sobre o programa de apoio PAE: conjunto de 2 reuniões semanais em um mês (webconference) e 01 encontro semanal durante 2 meses, até o efetivo funcionamento do empreendimento.
Se necessário, o deslocamento de um dos consultores do Salon Emprendedor até as instalações do comprador, . Os custos serão compartilhados entre as partes.


S A L O N E M P R E N D E D O R
Brasil – Argentina – Paraguai – Chile – Equador - Venezuela
Sede: São Paulo-Brasil
Tel:55-11-2805-1262
Fax:55-11-2805-1262
Tel. 55-13-3029-0607
Tel: 55-13-3596-6809
e-mail: salonemprendedor.br@gmail.com

Ciência do saber fazer (Casos de Sucesso)

eEmpreender com a "ciência do saber fazer" ” Técnicas e Casos.
Características, Perfil dos Herdeiros da "Ciência do Saber Fazer"

Queremos aqui dar de forma ilustrativa, algumas das características que definem o perfil destes gurus modernos com suas afiadas e eficazes praticas de “saber fazer” com resultados, são grandes empreendedores , os másteres na disciplina, e que identificamos aqui, como os genuínos portadores desta ciência de gestão e que denominamos “a ciência do saber fazer” veja em nosso blogs outros artigos sobre o desfio de empreender.

Uma das características é a mentalidade funcional da operatividade e capacidade de ver em projeção de cenários, que incluem muitas vezes o chamado pressentimento, este é muito desenvolvidos pelos empreendedores empíricos, “como funcionará e como ocorrerá”
trata-se de uma operação, de um empreendimento. Estes “cracks” da ciência aplicativa do saber fazer, conseguem ver com quase certeza tudo que poderá acontecer, e muito notados casos aliados a intuição e o “chamado olfato empresarial”. Damos como exemplo o caso de um amigo e empresário, Valdir. Um distribuidor e revendedor brasileiro de máquinas pesadas e com quem trabalhamos em operações de exportação nos mercados do Mercosul a alguns anos atrás.

Caso 01 - Intuição Empresarial:
Era um vez um fim de tarde em Santa Marta - Colômbia, nosso amigo Valdir conversava no telefone com sua esposa em São Paulo, dando instruções para que ela retira-se de todos os bancos onde possuíam contas todo seu dinheiro e o leva-se para sua casa, em quando Luis (diretor do Salon Emprendedor) contemplava o azul turquesa das águas do complexo turístico onde estavam hospedados, a voz do Valdir se ecoava cada vez mais alta, ele repetia “sim,sim, é claro que estou louco”. Na época acabava de assumir como presidente do Brasil, Fernando Collor de Melo. Luis e Valdir já tinham conversado a respeito de possíveis mudanças no cenário econômico com a chegada do novo presidente, Valdir na época dizia “ Esse louco vai confiscar as contas bancarias de todos os Brasileiros”. Em fim enquanto Valdir convencia a sua mulher, de fazer o que ele estava pedindo, Luis revisava a agenda e compromissos dos dias seguintes, sem poder se concentrar direito pois a voz alta de Valdir se escutava cada vez mais alta e o contraste da linda paisagem de Santa Marta por si só já era uma grande distração.
Mais resumindo, o final dessa historio do nosso amigo Valdir, você já deve imaginar, ele “adivinhou” o cenário, porque dois dias depois, de fato Fernando Collor confiscou todas as contas no Brasil, Incluindo as Poupanças e ao retornar a São Paulo já vivíamos o caos, não havia dinheiro circulante no pais. Um ato de intuição e de olfato empresarial.

Outra característica dos sábios empreendedores é reconhecer que as pessoas estão no foco do seu negocio, esta e outras características de estes gênios. Enxergam os recursos humanos, seu eixo central, construtor do processo empreendedor exitoso, porque sua práxis ensinou que ninguém monta nem constrói um projeto sozinho, o êxito de todo empreendimento será resultado de uma equipe granadora e principal responsável por essa equipe é o treinador ou melhor dizendo: O Empreendedor.


Um bom empreendedor é um coaching pessoal de taletos da equipe que dirige, sem levar isso em conta, não existe um empreendimento que atinja seus objetivos, quanto mais o êxito. Já que para o empreendedor exitoso, pessoas: “são a matéria prima e o produtos do seu negócio” e a capitalização para expansão é a gerencia e gestão destes recursos.

Cuidar seus talentos e cultivá-los para seu entorno e quase uma vocação, é uma metodologia que vai com sua própria essência. Diferente de bons empresários administradores que a usam apenas, como um método técnico de gestão de recursos, em que seus colaboradores o enxergam mais como um fazedor de regras de jogo do que como um possível aliado que administra vantagens mutuas e temporais, mais apenas isso.

Um empreendedor com letra maiúscula, tem como concepção de negocio a visão de conceito pessoal, o formar novos talentos sem temporalidade, isso é capturado pelo seu entorno e seus colaboradores, incluindo as capas de promover a autonomia e independência dos mesmos, que geralmente depois passam a ser seus aliados em seus novos empreendimentos. Mais para estar junto do professor são verdadeiros colaboradores comprometidos com o empreendimento e o sucesso permanente do mesmo.

Caso 02 - Semeando Talentos.
Trabalhando em Assunção no Paraguai nosso Diretor Luis Quezada teve a oportunidade de conhecer um personagem, ele proprietário da mais importante churrascaria do Paraguai, um Brasileiro desbravador e empreendedor, chego por essas terras contratado com empregado, e enquanto dirigia seu velho Corcel destino Assunção,a fim de se apresentar para empresa que o havia contratado, ele já Montava seu próprio “simulador de empreendimento”. Acoplou a seu sonho de auto-realização a idéia de criar seu próprio negócio nessas terras, é conseguiu, com muito sucesso, diga-se de passagem, até os dias de hoje.

Um de seus segredos de sua ciência de saber fazer, é formar talentos, e semear um projeto pessoal para cada colaborador, assim apóia as expectativas de realização de seus colaboradores. Hoje a maioria de seus colaboradores (empregados) que iniciaram o empreendimento com ele, já são proprietários de importantes churrascarias, casas de lanches e restaurantes espalhados por todo o pais, pessoalmente chegamos a conhecer 1 deles, que por sinal tem a mesma idade que nosso empreendedor Brasileiro. Um fato curioso nos conta esse ex funcionário e que todos tinham a mania de chamar a esse empreendedor de “viejo” seu significado em português é simples: “Velho” , mais em espanhol pode ser usado como uma espécie de apelido para Pai. Outro fato curioso e que todos esses colaboradores estiveram em media 8 anos trabalhando para este empreendedor, o que deixa claro que este cara sim, é um grande semeador de talentos.

Esperamos que vocês tenham gostado, de nossa seqüência de artigos . Mais para frente, publicaremos novos extratos, novos artigos sobre esta mesma temática:
*Percepção do essencial e habilidade para extrair o aplicativo.
*SEV um simulador virtual de empreendimentos operacionais.
*A mentalidade operacional e capacidade de ver em projeção.
*Dinheiro uma medida justa de Valor para recursos e resultados.
*Aprendendo a dividir e somar com empreendimentos .

S A L O N E M P R E N D E D O R
Brasil – Argentina – Paraguai – Chile – Equador - Venezuela
Sede: São Paulo-Brasil
Tel:55-11-2805-1262
Fax:55-11-2805-1262
Tel. 55-13-3029-0607
Tel: 55-13-3596-6809
e-mail: salonemprendedor.br@gmail.com
MSN: salonemprendedor@hotmail.com
Skype:salon.emprendedor.br