SALON EMPRENDEDOR

SALON EMPRENDEDOR
FABRICAS INSTALADAS E FUNCIONANDO P/EMPREENDER

quarta-feira, 22 de junho de 2011

FÁBRICA DE CHOCOLATE AMARGO, 100% CACAU (EQUIPAMENTOS, MAQUINAS, TECNOLOGIA, CONSULTORIA)

OFERTA P/IMPLANTAÇÃO DE PLANTA DE PROCESSAMENTO DE CACAU / CHOCOLATE AMARGO





Produtos: Massa de Cacau puro, Chocolate Amargo em Barras de 01 Kg, 500 grs, 250grs, ou em outras apresentações, conforme pedido.

O Salón Emprendedor coloca a sua disposição uma oferta para instalação:
DE PLANTAS COMPLETAS PARA PROCESSAR CACAU.
Incluído os processos e formulas técnicas, com equipamentos industriais apropriados para micro indústrias.

FABRICAÇÃO DE CHOCOLATE AMARGO. CHOCOLATE 100 % DE CACAU NATURAL

Maquinas e Equipamentos p/Processar CACAU e Chocolate Amargo.

EQUIPAMENTOS FABRICAR CACAU-CHOCOLATE

• CONJUNTO MAQUINA COMPATA: QUEBRADOR, DESCASCADOR, CLASIFICADOR DE CASTANHAS/SEMENTE DE CACAU

Capacidade de 15, 20, 25 a 30 kg/hora. Composto por 3 zarandas acionadas por motor de 0.5 cv. O Quebrador possui rolos que quebram as sementes, acionado por motor de 1.0 cv.

As sementes/castanhas, depois de quebradas, são separadas de quase toda sua casca, passado p/ classificação que as seleciona com seu conjunto de zarandas, equipadas com motores de 05 cv. Após descascadas as cascas são aspiradas e expulsas por um extrator, acionado por motor de 0,5 cv. Cascas menores ficam junto dos Nibs que serão tamisadas e as zarandas classificadoras do conjunto, estas são retiradas e separadas dos nibs pela boca de saída.
Obs: Nibs são os cotilédones fragmentados das sementes/castanhas do cacau ou simplesmente a semente/castanha triturada.

Conjunto maquinário compacto, construído em uma estrutura de cantoneiras em formato de “U”. Equipado com 03 chaves de comando. Fabricação em aço carbono e pintura epoxi em toda partes externa do conjunto.

• TOSTADOR DE NIBS DE CACAU. “Tostador de cacau” equipamento com Capacidade para 12 kg por carga. Acionado por correias de transmissão, com controle de temperatura analógico, com seu desabastecimento automático. Alimentação de combustão a gás de GLP, com queimadores de baixo consumo. Revestido com isolamento em lã de vidro. Moto-redutor de 0.5 cv trifásico ou monofásico com suas chaves de comando. Fabricado em aço inox 304 todas e qualquer parte que tem contato com o CACAU. Já na parte externa e equipamento é construído em aço carbono e pintura epóxi de alta resistência.

• ESFRIADOR DE NIBS DE CACAU. Equipamento para resfriar os nibs de CACAU.
Capacidade para 12 kg. Equipado com parafuso com rosca sem-fim para mover o ar do produto, formando um chafariz. Equipado com motor 0.5 cv monofásico e correia de transmissão para seu funcionamento. Inclui suas chaves de comando. O equipamento e fabricado em aço inox 304, em todas suas partes em contato com o produto, todas suas partes externas, são construídas em aço carbono e pintura epóxi de alta resistência.

• SILO PARA OS NIBS DE CACAU TOSTADOS. Equipamento, Capacidade para 1.000 litros. Cilíndrico com pes de apoio e motor de 1.0 cv trifásico o monofásico. Retira os nibs do Resfriador. Com bocal para alimentação do Moinho de Pedras. Fabricado en aço carbono e pintura epoxi en toda suas partes externas.

• MOENDA DE NIBS DE CACAU. Moinho de Pedra a Discos para os Nibs de CACAU Tostados. Capacidade de 25 a 30 kg/hora. Acionamento com motor de 2.0 cv, tipo trifásico ou monofásico. Recebe o nibs por cima a través da tolva de carga, direto para a câmara de moenda, com motor instalado na vertical. Unidade equipada com bocas de saídas para massa de CACAU “Chocolate Amargo” pronto para consumo e colocar em moldes para sua molde definitivo.

• CONJUNTO DE MOLDES P/ CHOCOLATE AMARGO: Conjunto de moldes, tipo bandejas p/ barras de chocolate. Acompanha 12 e 24 moldes de 1Kg, 500grs, 250grs. Moldes p/chocolate, com a marca do fabricante em relevo, (esse conjunto de molde é opcional), feita em aço inox alimentícia. Os moldes têm as seguintes dimensões: Molde de 01 Kg, medindo 20 cm de comprimento, 08 cm de largura e 06 cm de altura. Molde de 500 grs, 10 cm de largura por 04 cm de comprimento e 06 cm de altura.

• SELADOR DE BOLSAS PLÁSTICAS, com selagem por indução de calor elétrico, equipado com temporizador e controle de temperatura de selagem, conforme o espesor (o micrones) do polietileno ou polipropileno, utilizado para o empacotamento das barras de chocolate e fracionamento em tamanhos e pesos, conforme o mercado de consumo final.

• BALANÇA ELETRICA DIGITAL: Essencial para todas as operações de controle de rendimentos e para os produtos empacotados e fracionados, que sairão ao mercado, necessária para pesagem de controle e verificação de pesos para o chocolate empacotado que sai ao mercado desde a fabrica.

• BALANÇA DE PLATAFORMA. Equipamento de pesagem para recepção das sementes de CACAU em sacos, para ser processadas e tostadas. Pesagem para o controle de rendimentos e pesagem de produtos terminados e empacotados em sacolas ou caixas para ser despachadas, Unidade de pesagem de 50/100 grs a 150/200/350 kg. Conforme fábrica selecionada.

Condições Gerais de Implantação.

Resume de Itens de suporte e componentes de nossa oferta:
a) A oferta inclui: Unidade completa de fabricação com acompanhamento.
b) Manuais técnicos de fabricação passo a passo e suporte on-line p / Suporte.
c) Cartilha de montagem e instalação Industrial para uma área mínima de 20/24 m2.
d)Fluxo-grama de processamento e ferramentas de gestão operacional.
e) Preparação Técnica do Programa de Empreendedorismo com início imediato via on-line.
f) Vídeo sobre as técnicas de fabricação e processos de fabricação passo a passo.
g) PAE-Programa de Acompanhamento Empresarial (duração de 03 a 04 meses).
h) Acompanhamento via on-line para elaboração do Plano de Negócios ( 100% aplicativo).
i) Cronograma para a implementação do empreendimento.

Termos e Condições de implementação:
• Pagamento: 15% de sinal para fechamento da compra
30% No pedido dos equipamentos e inicio da consultoria
15% No embarque das maquinas e equipamentos
30% Na entrega da fábrica e termino da consultoria.

O pagamento e confirmação de deposito do sinal do contrato, ativara a visita de um consultor ou diretor do Salon Emprendedor até a localidade do comprador da fabrica onde serão iniciadas toda o trabalho de consultoria para instalação bem como a elaboração do projeto e confecção do plano de negocio do empreendimento. Se trata de uma visita técnica de 05 a 07 dias, com o intuito de visitar o mercado local selecionar provedores, possíveis compradores locais e ponto de venta, analise dos custos locais e das matérias primas, assim como a formatação técnica dos custos de produção e rentabilidade estimada.
Nesta visita assinamos o contrato para despacho da fábrica assim como apresentaremos o cronograma de instalação tendo vista custos de despachos, frete do maquinário respectivo.


• Sobre o programa de apoio PAE: conjunto de 2 reuniões semanais em um mês (webconference) e 01 encontro semanal durante 2 meses, até o efetivo funcionamento do empreendimento.
Se necessário, o deslocamento de um dos consultores do Salon Emprendedor até as instalações do comprador, . Os custos serão compartilhados entre as partes.

S A L O N E M P R E N D E D O R
Brasil – Argentina – Paraguai – Chile – Equador – Venezuela
Sede: São Paulo-Brasil
Tel:55-11-2805-1262
Fax:55-11-2805-1262
Tel. 55-13-3029-0607
Tel: 55-13-3596-6809
e-mail: salonemprendedor.br@gmail.com
MSN: salonemprendedor@hotmail.com
Skype:salon.emprendedor.br

quinta-feira, 16 de junho de 2011

O COMPORTAMENTO EMPREENDEDOR, SEU PERFIL E CARACTERÍSTICAS

COMPORTAMENTO EMPREENDEDOR
Atitudes e Comportamento Empreendedor




ACER-Acciones Comportamentales y Emprendedoras de Resultados
Acer- Ações Comportamentais e Empreendedoras de Resultados
Uma das mais importantes descobertas que cabe a você um empreendedor de idéias ou empreendimentos,seja com objetivos para a aplicação de uso pessoal, projeto de vida, ou para a implementação profissional, é aprender a identificar e reconhecer seus Aceres “fazeres”. Os quais estão baseados em seus comportamentos de ação motivada, são aqueles que impulsionam que o fazem realizar o desejado, é o comportamento que te meche, que tira você da cadeira para colocar para te colocar em ação e realizar aquilo que foi meditado ou imaginado anteriormente. A idéia de ação é aquilo pelo qual você acorda de manhã com foco para trabalhar pelo planejado.

O que te meche, com que disposição de conduta e comportamento você realiza?
Qual carência você tem e por isso não o faz, será que ficou sem ação motivada, para poder sair de sua casa em busca de sua conquista. O que te bloqueia? o que te paralisa só de pensar?

Nesta proposta denominamos como ações comportamentais e empreendedoras de resultados. Mencionaremos algumas delas, para que possa identificar e fazer uso de aquelas que acreditam possuir, e aplicar com toda sua intencionalidade para o beneficio do seu empreendimento. Vejamos a seguir, mais antes disso:

Pegue um lápis e papel ou anote no pontilhado a esquerda um Sim ou Não, se acredita que estas são características suas ou se a expressão te define. Junto ao sim ou não, agregue uma avaliação, com uma nota de 1 a 10, leia sem racionalizar ou pensar muito, deixe que sua intuição vá respondendo por você, tente ser o mais objetivo possível, ok!


01………Capacidade de Sonhar e Criatividade Proativa……….

Empreender é um sonhar e sonhar é empreender, tem a capacidade de impulsionar os sonhos para ver eles sendo realizados, proativamente

O sonho factível, real e focalizado, é um pensamento planejado. O. É a idéia criada concebida é estruturada para ser cometida. É o poder do desejo projetado e dirigido, até o ato criador da ação, para empreender o sonho criado e imaginado.

É comunicar o sonho e comprometer-se com ele. É permitir e incentivar a participação de terceiros. É acreditar no “ poder de suas próprias idéias”. É construir na mente o empreendimento, sua idéia, o negócio, o seu projeto, para assim simular mentalmente a montagem passo a passo, e a construção do sonho por partes e por etapas, é o saber vincular seus próprios recursos com os do entorno.

02……………Tenho vocação e paixão realizadora…........

É seu Motor para Ação e a realizadora de ações é impulsionadora para empreendimentos exitosos e o fazer com a alma e coração no que se faz. É apaixonar-se pelo fazer.

A Paixão que desperta sua vocação para a vida e para os negócios, é revigorizante para ações do empreendimento, gratificará sua auto-estima e recompensara a ação.

Sua paixão e como fazer? Contagiará e emocionará seu entorno entusiasmará sua equipe, muito necessária para triunfar diga-se de passagem !
Reinvente e faça recriar sua vida, seu negocio ou empreendimento, reacenda a chama da paixão, sem ela tudo e mais difícil e o êxito se torna uma mera perseguição cega.

Comprometa-se com o trabalho e o prazer de fazer! Use êxitos do passado para alimentar os brios de hoje, que o entusiasmo da manhã se encarregará do resto para alcançar o pretendido. Manter a chama da paixão acendida, iluminará seu caminho e te mostrará o êxito.

“quando os homens fracassam, o que faltou não foi a inteligência, foi a paixão” (Sruther Burt).

03……..Sua iniciativa e a necessidade de realizar……..

Impondo tarefas e assumir a responsabilidade de iniciar e para fazer. Assumir e agendar compromissos para a ação. Fazer sua primeira tarefa e meta para celebrar sua realização e uma obrigação. Crie um desafio que possa completar e valorizá-la, principalmente valorize seu ego e possa compartilhar em admiração.

Exercite realizar algo que goste e compartilhe seu resultado com terceiros. Não inicie algo que não possa terminar, antes avalie bem se poderá completar, e veja que motivações são necessárias? Para assim poder sustentar essa iniciativa, calcule o tempo para finalizar e se esta disposto a cumprir, Vá em frente!
“Genialidade e a habilidade de colocar em pratica o que está em mente” (E. Scott Fitzgerald)

04................Criatividade e Inovação no fazer………

Estimular o desafio para encontrar novas soluções criativas , com o uso aplicativo e beneficioso para as operações e tarefas, busca novas propostas que somem ao que esta sendo realizado, procurar e adaptar suas idéias próprias baseadas em experiências bem sucedidas e experimentadas, acopladas com missão de criar o novo e funcional, com resultados de aplicação e retorno e essa inovação e invenção.

Confiar no sistema de memória, já que mais da metade das respostas e suas duvidas estão aí. Investigar e observar com critérios e padrões: O fabricado, O processado, O constituído, O criado. Anotar e comparar o como você faria? Fazer hoje com o olhar de como será amanha, reciclar cada dia.
Descubra sua inteligência emocional criativa para inovar e transformar.
“O caminho mais seguro para a inspiração é a preparação” (Lloyd George)

05……….Capacidade de Assumir e Avaliar Riscos……….

Assumir Riscos e Gerenciar os mesmos, e inerente a essência do Empreender, é o próprio atributo do ato de fazer. É o limite e a diferença entre os que fazem e os que não fazem ou deixam de fazer tomados pelo medo ou pavor.
Os riscos devem ser identificados e quantificados por cada setor ou áreas de nossas vidas, e assim no lado pessoal, e o mesmo para um empreendimento. Selecionar a abordagem e tratamento preventivo, com analise e proposta para tratamento eficaz, e com o seu devido gerenciamento de barreiras e riscos.
Deve elaborar um programa de abordagem e gerenciamento de riscos por etapas de montagem e por metas a serem planejadas.

Descobrir as barreiras que se impõe em meio ao desafio em pro dos objetivos pretendidos e outra missão que soma o trabalho de gerenciamento, isso é presente na vida de um empreendedor exitoso. Lembrem-se os riscos não são fantasmas que assombram seu empreendimento.
“Escreva as perdas nas areias e os lucros em mármore” (B. Franklin)

06………… Excelência de Qualidade e Eficiência no Fazer………

O fazer bem feito com detalhes de qualidade, é o desafio para todo empreendimento exitoso. Conhecer e criar normas e regras de qualidade e excelência em seu dia a dia é um dever e um real compromisso, na busca do próprio êxito do empreendimento.
Criar hábitos de comprimento de prazos, qualidade e rapidez nas entregas, desenvolver e adaptar processos de qualidade total em suas tarefas agendadas a serem realizadas com pontualidade e eficiência. Administrar o tempo e evitar perdas e seus processos de trabalho.
Comparar-se aos líderes de mercado e analisar seu real desempenho, imiteos, mais assegure-se de criar uma reinvenção melhorada a sua atual situação e com uma versão própria.
“Não existe indústria ou negócio mais duráveis do que aqueles, que vendem qualidade” (Augusto Detoeuf)

Agora Bem: É necessário que repita o test de baixo para cima, agora pode racionalizar suas respostas faça comparações, reveja sua primeira avaliação e faça o mesmo, a sua direita
Do pontilhado coloque uma nota, para aquelas que se acredita em suas potencialidades de ação para fazer e criar que já há utilizado em alguns momentos essa ou aquele ACER “FAZER”.
Se descobriu 01 é perfeito se são 2 fantástico, Se usar hoje é melhor ainda, podemos dizer: extraordinário.

SEJA UM FELIZ EMPREENDEDOR E BEM VINDDO AO MUNDO DO SABER FAZER.



S A L O N E M P R E N D E D O R
Brasil – Argentina – Paraguai – Chile – Equador - Venezuela
Sede: São Paulo-Brasil
Tel: 55-11-2805-1262
Fax: 55-11-2805-1262
Tel. 55-13-3029-0607
Tel: 55-13-3596-6809
e-mail: salonemprendedor.br@gmail.com
MSN: salonemprendedor@hotmail.com
Skype:salon.emprendedor.br

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Sucos Naturais de Frutas: Projeto e Opções Para Preparar e Fabricar

100 Tipos de Sucos, uma Alternativas. Para um Projeto de Fabricação (SUCOS E POLPAS).
Tipos de Sucos: Tropicais – Vitamínicos – Fitoterápicos – Mineralizantes – Cremosos – Exóticos etc.




Analise e Examine os diferentes tipos de Polpas e Sucos direcionados a vários e diferentes segmentos de mercado de consumo, a especialização do setor em questão e seu grande crescimento, fazem que surjam ótimas opções para que se possa entrar no negocio de sucos e polpas, para atender um mercado que é hoje uma linha quase vertical no quadro de negócios em franco crescimento, e seja qual for a posição na escala de negócios que se posicione, estará posicionado em um mercado comprador, com uma tendência de consumo que veio para ficar e faz anos que não para de crescer.

Veja neste blog post de Como montar sua Fábrica de Polpas de Frutas e outro Como Montar sua Mini Fabrica de Sucos. Para seu empreendimento, sua Pequena Fábrica, contatar o Dpto Comercial do Salon Emprendedor:
salonemprendedor@yahoo.com

Procure seu lugar ao sol e desfrute deste mar de sucos, cores e sabores.
Algumas Posições em Escala de Negócios p/ Polpas e Sucos de Frutas
Fabricante de Polpas - Sucos
Importador ou Exportador
Franquia e Franqueados
Concessionário ou Consignatário
Distribuição de Polpas e Sucos
Revenda Institucional de Sucos.
Casas Especializadas em Sucos
Quiosques e lojas de Polpas-Sucos.
Ponto de Venta c/Dispensador p/Sucos.

Agora veja os diferentes produtos e opções que oferece este rentável ramo e algumas das opções, para estruturar e gestar seu próprio modelo de negocio, criando sua proposta e diferencial no mercado.

Modelos e Propostas para o Negocio de Sucos/Polpas

Sucos Comercializados pelo seu Sabor: Este corresponde ao mercado de consumo que mais se conhece, o qual esta orientado para as preferências por sabor, em ofertas mais massivas e disponíveis, conforme habito de consumo-oferta, como é o caso do suco de laranja, abacaxi, pêssego, manga e outros. Uma variável é o consumo de sucos estimulados pela sua temporada de colheita e sua disponibilidade em todo o mercado, cujos sucos e frutas obtêm preferência pelo seu custo econômico.

Mix de Sucos mistura de sabores com denominação: Estes sucos correspondem a mistura ou combinação de sucos com uma denominação por origem, é um mix, feito por sua procedência, atendem um paladar ou sensibilidade de gosto por uma região, seja esta por identidade, por atração ao tipo de sabor. As frutas de climas tropicais possuem uma certa característica de sabor marcante, que não se encontra nas frutas com clima mais temperado e vice e versa, outras denominações seguem o mesmo padrão de sabores característicos com sua própria personalidade.
Exemplo:
Sucos-Tropicais/ Sucos-Temperados/ Sucos-Exóticos/ Sucos-Silvestres/ Regionais. Estas são algumas das denominações que são usadas nas casas de sucos ou por fabricantes que já direcionariam seus produtos ao segmento de mercado.

Sucos polposos e cremosos: São sucos compostos pela presença de uma alta polposidade, tem uma maior concentração de sólidos solúveis em sua polpa, que os torna mais polposos, cremosos e densos. Uma combinação de estes sucos, são uma preferência de quem deseja substituir um café da manhã ou lanche, já que suas características de textura nutricional, promovem um bem estar de saciedade naquele que o consome, especial para fazer dietas de alimentos sólidos
Exemplo de frutas polposas e aplicáveis: Banana- Abacate - Manga - Goiaba - Morango - Maça - Pêra- Caqui.
Sucos Combinado com Nominação: Este segmento de sucos, corresponde as combinacões más popularizadas pelo seu consumo e aceitação, as quais ja se ganharam um nome ou uma nominação. As casas de sucos, especializadas em variedades, sabem que estas combinações deve fazer parte do menu da casa atendendo uma demanda diária. Citemos alguns exemplos:
Laranja /Acerola
Abacaxi/hortelã
Cenoura /Laranja
Pêra/Maça.
Banana/Abacate.
Goiaba/Mamão.

Sucos/Polpas de Complexos Vitamínicos: São Sucos e Polpas que em sua preparação, o una combinação dos mesmos estão orientadas para atender uma demanda e uma tendência baseada no consumo de vitaminas naturais, cujos principio ativo são encontrados nas próprias frutas.

O consumidor esta mais interessado na composição do suco e polpa mais que pelo próprio sabor, sua escolha será orientada pelas frutas presentes e na combinação, que elas, correspondem efetivamente as tabelas vitamínicas e nutricionais cujos conteúdos e índices de vitaminas, sejam os da combinação selecionada, é dizer, frutas com alto índice de vitamina designada.

Mais por experiência, é fundamental que o mix, o a combinação dos sucos sejam também saborosos. È dizer se deve unir ao útil e ao agradável, são palavras de um bom fabricante com êxito no negocio de sucos e polpas
No post: Sucos Vitamínicos Fórmula e Preparação de Sucos. listamos as Vitaminas e algumas das frutas correspondentes, que formariam parte da proposta, que permitirá assim, configurar suas adequadas combinações dos chamados Sucos Vitamínicos.

O que é Empreender? Emprendedorismo, Empreendendo Qual Significado?

Este Post é um extrato do livro de autoria do nosso presidente: Sr. Luis Quezada, "Emprender, Ciencia del Saber Hacer")
“Definição de Empreender”, Conceito e Significado de Empreender” Empreendendo



Empreender é um ato de pensamento planejado e concebido para ser acionado até objetivos claros de intencionalidade, é um ato da ação funcional e criativa da genialidade humana, feita por um fazedor e realizador, um super empreendedor, Um construtor de idéias e sonhos, mais para ser convertidos e feitos reais é transformados em realidades objetivas, é um ato que obedece a seu próprio “instinto realizador”, presente em todos estes seres, que por sua vez, são dotados de uma forte capacidade motivacional para ir em busca da concretização de suas idéias e sonhos.
O Empreender é a capacidade de conceber e encubar na mente idéias criadoras, geminas e multiplicadoras, capazes de gerar o impulso para a ação proativa de esta idéias elaboradas, é um ato de criação e processadas pelo “pensamento proativo”, que em essência é o “fazedor”, o qual se sintoniza harmonicamente com seu melhor par, que é o “pensamento criativo” o qual é um “pensador”. E com está aliança, é criada a melhor obra para ser posta em cena pelo seu autor, o qual conhecemos com o empreendedor.

Empreender é um saber aprendido e acumulado, é um know-how um conhecimento assimilado de forma vivencial e cognitiva, que tem sido adquirido por estes seres “fazedores” em seu próprio oficio pelo fazer, é um conhecer aprendido na forma de um saber fazer próprio e individual, é um acumulo curricular desta práxis, que é gestado e guardado historicamente pelo fazedor, para conformá-lo em seu próprio método e guia pessoal para assim construir seu “saber fazer”. Esta é a pura expressão e essência de este ser, de um novo “homo-fazedor”, um fazedor e empreendedor.

O empreender tecnicamente, é uma formação metodológica que é adquirirá por uma formula adquirida pelo equilíbrio entre a teoria e a pratica, sobre a funcionalidade do fazer e realizar, esta mesma, e armazenada em forma de conhecimento seletivo, mais concebida sobre uma visão estritamente orientada para a eficácia em resultados, por tanto é um método baseado em técnicas pragmáticas para esta disciplina e conhecimento, sobre empreender com “a ciência do saber fazer” e transformar assim, as teorias em ação planejada e realizadora.

(Este post dedicado a Gladis González de Medellín/Colômbia que solicitou este tema por meio de um de nossos e-mail-s, esperamos que possa ter te ajudar em suas aulas na universidade).

S A L O N E M P R E N D E D O R
Brasil – Argentina – Paraguai – Chile – Equador - Venezuela
Sede: São Paulo-Brasil
Tel:55-11-2805-1262
Fax:55-11-2805-1262
Tel. 55-13-3029-0607
Tel: 55-13-3596-6809
e-mail: salonemprendedor.br@gmail.com
MSN: salonemprendedor@hotmail.com
Skype:salon.emprendedor.br

Projetos Produtivos de Hortaliças

AS HORTALIÇAS, OPORTUNIDADE PARA SUA MICRO INDÚSTRIA E PROJETO PRODUTIVO




Os Agro-negócios com a agro-transformação dos produtos hortícolas em uma opção industrial, ainda é um campo virgem na maior parte dos hemisférios, a exceção de alguns mercados onde a investimentos de grandes empresas, que encontram um exitoso caminho em produtos hortícolas industrializados.

A agroindústria de transformação de matérias primas locais, assim como o incentivo a sua produção, são hoje o maior desafio para a conversão do campo para os agronegócios, mais só é necessários acrescentar um valor agregado de produção.

É aqui onde nasce uma grande oportunidade de negócios para o pequeno investidor e o novo agro-empreendedor, ocupando espaços onde as grandes empresas vão deixando para novos produtos:
Produtos de Oportunidades para o Agro-Empreendedor.
a) Produtos com demanda para preparação mais artesanal
b) Os produtos fabricados 100% naturais e sem conservantes
c) Produtos que não entram na lista de consumo massificado
d) Para os que são quase delicateses/exclusividades da culinária
e) Produtos típicos: tradicional de vários países/regiões c/demanda mundial
f) Inovações/propostas, a um mercado que busca novidades
g) Produtos de moda o tendência que lançam empreendimentos
h) Produtos feitos com matérias primas limitadas, tida como exclusivas, o que logicamente dificulta a produção para grandes Cia.

* Estes e alguns dos parâmetros que ditam e orientam as grandes oportunidades que este setor oferece hoje em dia.

O retorno ao campo é um caminho que se vem trilhando como um ato natural do encontro do ser humano com a natureza e suas origens.

Isso que aparentemente possa resultar uma afirmação quase romântica, é um feito constatado não só na tendência mundial de consumo, senão na opção de milhares de pessoas que em vários países, vultam a vive em zonas rurais, nota-se uma grande migração das grandes cidades para o campo, famílias que decidem viver em sítios, chácaras o pequenas fazendas, que hoje são conectadas por estradas as grandes cidades, que permite chegar as metrópoles com grande rapidez.

A tendência mundial de hoje pelo consumo de produtos naturais, já é uma tendência que veio para ficar, assim como as pequenas industrias do setor que já vem crescendo constantemente, nos últimos anos, hoje representa um mercado coma grande expansão, o que implica uma grande oportunidade de negocio e espaço, para os novos empreendedores e a geração de novos empregos e uma nova geração de empresários produtivos.

A agro-transformação dos vegetais hortícolas em produtos para consumo, são uma excelente alternativa com um esplêndido futuro industrial, para quem deseje trilhar este caminho em nosso continente, com abundante matéria prima e renovável.

Agora a pergunta que fica ante estas oportunidades:
Que tipo de pequenas fabricas posso montar? A partir de que produto hortícolas? Quanto custa um empreendimento deste tipo? Que equipamentos e maquinas são necessários? O que será necessário saber tecnicamente para ser um fabricante? Que espaço se necessita para montar uma pequena fabrica?

Estas são algumas das interrogantes que iremos respondendo medida que seja os interesses apresentados pelos leitores de este site. O espaço esta destinado para isso, para aportar de ideais, experiências, tecnologias, todo tipo de opções para as micro-industrias, assim como conhecimento em técnicas de processos e de gestão empreendedora de resultados.


Veja Lista de Opções com alguns tipos de fábricas p/Montar

PEQ. INDUSTRIAS: VEGETAIS/HORTALIÇAS/PLANTAS
01 Produtos hortícolas e vegetais naturais congelados
02 Vegetais hortícolas frescos cortados prontos para o consumo
03 Conservas / Vegetais Inteiros / Cortados em azeite
04 Curtidos o Picles Preparados com especiarias ao vinagre/sal
05 Sopas Preparadas, Cremes, Salsas Congeladas
06 Cremes / Papinhas / Purês de Verduras p Bebes em conservas
07 Condimento e Temperos secos, picados e moídos
08 Salsas Preparadas secas e desidratadas pronta para uso
09 Purês Salsas prontas; temperadas e variadas c/ tomates
10 Sopas Desidratadas, Listas e Formuladas p ser consumidas
11 Pestos/Antepastos desidratados prontos para ser aplicados
12 Sopas dietéticas e fitoterápicas congeladas prontas p usar
13 Fitoterápicos extratos secos e encapsulados de vegetais
14 Cosmética natural, cremes faciais, Shampoos de Vegetais
15 Os Óleos essências e medicinais de diversos vegetais
16 Laboratório, remédios naturais c/ diversas apresentações
17 Vegetais desidratados e conservados em óleos com temperos
18 Tomates secos naturais e conservados em óleos com vegetais
19 Pasta de alho, Temperos/Completos, Preparado C/ Sal especiarias
20 Polpas Naturais Vegetais- Hortaliças -Moídas Congeladas.
21 Feijões e Outros Cozidos / Preparados artesanais p/ consumo
22 Vegetais Recheios c/ suas preparações, conservadas em azeite
23 Pimentas / Salsas / Pastas inteiras, conservas em vidros e saches
24 As Polpas p/ sucos vegetais congeladas e listas para usar
25 Sucos e Polpas vitamínicas formuladas e listas para consumir
26 Batatas e Mandiocas fritas secas tipo chips e outras





São mais de 25 opções para a montagem de micro-industrias e de pequenas fábricas, selecione a sua e bons negócios.
Se deseja alguma consulta de como pode ter acesso e como montar una das fabricas, nos escrevas, assim como deseja que analisemos alguma em especial, este é seu espaço p/ empreender.

Consultas para Instalação e Montagem de sua Micro Indústria, Contato: salonemprendedor.br@gmail.com

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Imagens e Ilustrações de Fábrica de Desidratação.

Lavador de Frutas

Fatiador de Frutas e Vegetais

Cortador de Frutas e Vegetais em Palitos

Desidratador

Bandejas para desidratação

Para receber mais informações, entre em contato conosco!


S A L O N E M P R E N D E D O R
Brasil – Argentina – Paraguai – Chile – Equador - Venezuela
Sede: São Paulo-Brasil
Tel:55-11-2805-1262
Fax:55-11-2805-1262
Tel. 55-13-3029-0607
Tel: 55-13-3596-6809
e-mail: salonemprendedor.br@gmail.com
MSN: salonemprendedor@hotmail.com
Skype:salon.emprendedor.br

Maquinas, Equipamentos - Como Fabricar Doces e Marmeladas

FABRICAR DOCES-MARMELADAS
Montagem-Maquinas-Equipamentos p/ Pequenas-Fábricas





Elaboramos para vocês, uma proposta para montagem de una pequena fábrica de Marmeladas e também seus equipamentos, são aplicado para doces, geléias, salsas, cremes.
Este material foi extraído do Manual de Fabricação e Montagem de industrias de Doces e Marmeladas, cujo documento é de prioridade do Salon Emprendedor.

A Unidade que aqui recomendamos é de uma capacidade de 20/22 Kg/x Carga. Que este caso não so serve para marmeladas senão também para una serie de outros itens e produtos como: Doces de Frutas – Geléias - Salsas Agridoces-Cremes - etc.
Incluimos algunos recursos de montaje que creemos vital para el proceso de creación y montaje de una pequeña fábrica.

MAQUINAS E EQUIPAMENTOS DE FABRICAÇÃO E RECURSOS DE MONTAGEM.

01. Um Lavador de frutas: Um Lavador com três tanques individuais em aço inox, montada em estrutura de ferro pintada, incluiu conexões p/ entradas e saídas de água para cada um dos tanques, equipados com duchas individuais.

02. Dois Cortadores de frutas: Sugerimos aqui dois cortadores de frutas um com pedestal para corte da fruta em quadrinhos e outro de bancada, ambos podem ser com acionamento manual, e com seus moldes de corte com tamanhos para medidas intercambiáveis, isso para a preparação de doces em barrinhas mantendo a uniformidade da matéria prima para o melhoramento do produto final.

03. Um Cozinhador / Escaldador a gás semi-industrial, equipado com sistema de queimadores e reguladores, para o processo de escaldagem das frutas. Unidade Escaldadora, essencial para desativar enzimas e contaminantes, bem como acentuar a cor das frutas e aumento de rendimento da polpa.

04. Uma Despolpadora com capacidade de 80/100 kg hora. Feita completamente em aço inox, elétrica, com motor e instalação individual.
Também possuímos outras capacidades de produção conforme escolha tamanho da fabrica.

05. Um Tacho / caçarola de escaldar, com capacidade de 15/18 litros, 20/22 o 26/28 conforme tipo de fabrica, com cesto / canasto em aço inoxidável ou cromada, para imersão das frutas a escaldar

06. Um Equipamento Pasteurizador: Esta é uma Unidade também usada para esterilizar embalagens de vidros e usada para pasteurizar. O processo é feito por uma selagem a vapor de vácuo dos potes com o doce ou marmelada dentro, assegurando assim, uma selagem segura, evitando a presença de ar no interior das embalagens, conseguindo que se alcance uma melhor conservação e durabilidade do produto final.
Equipamento com acionamento elétrico 110/220 volt com controle de temperatura e termostato de regulação. Capacidade para 12/16 e de 24/48 frascos por processo, o que entendemos já seria adequado para esta pequena fabrica.

07. Tecnologia de Fabricação: Colocamos este item na lista, por razões obrigatórias, já que é comum a “improvisação empreendedora”, que estima que comprando as maquinas, já se tem uma fabrica, já constatamos, que isso, é a garantia do fracasso para qualquer empreendimento. Ou não contar com este item, é melhor não iniciar o empreendimento, porque amargará uma larga lista de empreendedores, que estão com seus equipamentos na garagem de seus casas, ou tiveram que vender por menos da metade do preço. Sem tecnologia de fabricação não existe fábrica, é assim de simples.

Qualquer pessoa pode empreender uma micro industrial, mais desde que assuma a responsabilidade de aprender os processos e técnicas praticas, sobre a fabricação, mais praticas, com todas as letras, e tenha cuidado especial com os teóricos em tecnologia, que estes geralmente sequer sabem fazer um doce para sua casa. Faça sua acessória com técnicos de experiência comprovada na prática de fabricar e assessorar.

08. Valores de Investimentos e Instalação: Faça seu pedido de orçamento para Salon Emprendedor, uma unidade deste tipo, completa, custa menos do que imagina,alem de contar com um programa de acompanhamento empresarial por até 06 meses, que em seu conteúdo já esta, toda a consultoria de planejamento da fábrica, a instalação e posta em marcha, com a transferência de tecnologia via vídeos técnicos, manuais de fabricação, cartilhas passo a passo, atendimento e suporte via on-line etc. Los interesados, entrar en contacto con salonemprendedor@yahoo.com Que tendrán los informes completos.

09. Área de Instalação: Pela pratica de muitas unidades instaladas desse porte, recomendamos aproximadamente 22/24 metros quadrados, (sem incluir área de escritório), outro cuidado importante é o piso que deve ser lavável, bancadas de cerâmica ou em aço inox de 2.50/3.50 de cumprimento por 0.50/0.60 de largura.

O fluxo-grama de instalação, deve seguir um fluxo em forma de U desde a recepção até a expedição dos produtos, suas paredes devem ser laváveis e o setor de preparação das frutas assim como o processamento, deve ser coberto, com no mínimo azulejos de com tamanho de 1.5 , vale mencionar que cada pais possui suas normas, verifique se em seu pais esses critérios devem ser adaptados.

Esperamos que este post tenha servido de alguma forma para a montagem de seu negocio.

Se deseja suporte para elaboração de seu projeto, ou deseja receber um orçamento entre em contato conosco.

S A L O N E M P R E N D E D O R
Brasil – Argentina – Paraguai – Chile – Equador - Venezuela
Sede: São Paulo-Brasil
Tel:55-11-2805-1262
Fax:55-11-2805-1262
Tel. 55-13-3029-0607
Tel: 55-13-3596-6809
e-mail: salonemprendedor.br@gmail.com
MSN: salonemprendedor@hotmail.com
Skype:salon.emprendedor.br

terça-feira, 7 de junho de 2011

FABRICAÇÃO, Como fabricar: Sopas – Cremes – Caldos – Salsas – Purés - Vegetais-Hortaliças




Um mercado para consumo de produtos naturais de preparação instantânea, é o que todo o mundo procura.
Chegar em suas casas, retirar do seu congelador uma sopa 100% natural com o sabor caseiro, que bastam 02 minutos para ficar pronta no prato, sentar-se na mesa e se deleitar, saboreando um sabor natural?

Esta proposta existe! quem sabe, esta é a oportunidade de negócio que você esperava, aqui te entregamos:
Você poderá fabricar; Caldos, Sopas Dietéticas, Energéticas, Sopas Vitamínicas somente cálcio - ferro, caldo de feijão, cremas de ervilhas, de espárragos, de milho etc. São mais de 100 opções de formulas para deleitar e satisfazer seu consumidor.


Maquinas e Equipamentos para Fabricar Sopas e Cremes

Proposta: Pequena Fábrica de Vegetais - Hortaliças Produtos: Sopas – Cremes – Caldos - Salsas.
Capacidade: Unidade para Processar 200/300 Kg/dia
Fabricação: 800/1.200 Pacotes de 250 grs/día.
O Investimento: USD$ 4.800/5.500 dólares.

01. Um Lavador com três tanques individuais em aço inox, montada em estrutura de ferro pintada, incluiu conexões p/ entradas e saídas de água para cada um dos tanques, equipados com duchas individuais. A unidade deve comportar uma capacidade de carga no processo, de 40/50 kg de hortaliças por ciclo. Dimensões: 2.40/2.60 mts de largura, para que possa atender as necessidades de produção.
Recomendação do processo de lavagem:
a) Evitar a incorporação de produtos que não estejam classificados, descartar danificados, atacados por insetos, deteriorados etc. Usar somente produtos sadios e de qualidade.
b) A higienização por imersão obedecem as tabelas de concentração com soluções em cloro, hipocloreto de sódio: para folhas 20/25 ppm. E tubérculos 40/50 ppm. Por periodos de 15/25 min.
c) Usar somente seus acessórios nesta seção, sem cruzá-los ou repassá-los a outra, com isso evita a contaminação por cruzamento de processos.

02. Cortadores de Vegetais - Hortaliças: Dois cortadores de vegetais um com pedestal para os cortes em cubinhos ou fatias, que facilitem o tamanho das matérias primas para seu cozimento, e outro de bancada, para os diversos tipo de cortes, ambos podem ser com acionamento manual, com moldes de corte para diversos tamanhos, medidas intercambiáveis. Estes equipamentos são fundamentais para diminuir os tamanhos e volumes para o tempo de cocção e moenda posterior no processador.
Recomendação de Processo:
a) Os cortadores e acessórios devem ser de uso exclusivos desta seção.
b) Deixar em bandejas com água logo depois do corte e descasques, produtos que escurecem em contacto com o ambiente, como batatas, mandioca.
c) Pulverizar a área de processamento antes de iniciar cada tarefa com uma solução de álcool retificado com água (20/25 %) p/ pulverização aérea.

03. Descascador de Vegetais: Equipamento para descascar batatas, cenouras, de acionamento elétrico por ação abrasiva de peças instaladas em seu interior e denominado conjunto abrasivo, peças com porosidade apropriadas para a função.

Recomendações do Processo:
a) Esta função é possível ser realizada por operadores manuais, considerando que na primeira etapa da fábrica não trabalhará com grandes volumes, de batatas, cenouras, etc. Pode excluir este equipamento.
b) Os equipamentos e acessórios devem ser lavados com detergentes neutros e esterilizados em uma solução de iodo povidona a 20% e água fervida.
c) Ter a mão as formulas, com seus percentuais e pesos, para os ingredientes a serem processados no cozimento e acomodações em bandejas.
d) Estabelecer lotes ou cargas de processamento para sua cozimento, a fim de ser organizado e coerente com o processo, toda a atividade do sector e que inclui o de cortes de vegetais.

04. Unidade de Cocção Tripla: Unidade compacta, equipada com 03 caldeirões para a cocção, montados sobre uma estrutura metálica, capaz de suportar até 200 kg, Cada caldeirão com uma capacidade de 30/50 litros, com 03 queimadores a gás, interconectados ao alimentador, e independentes para suas operações, 01 para tubérculos: batatas, cenouras, mandioca etc. 01 para vegetais de talos - folhas: acelga, aipo, salsão, espinafre etc. 01 para grãos; milho, ervilhas, feijão, grão de bico etc. Atendendo a produtos com diferentes tempos de cocção. Os Caldeirões estão equipados com cestas metálicas para as operações de imersão e termômetros para controle de temperatura.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

CONTATO

S A L O N E M P R E N D E D O R
Brasil – Argentina – Paraguai – Chile – Equador - Venezuela
Sede: São Paulo-Brasil
Tel. 55-13-3029-0607
Tel: 55-13-3596-6809
Tel:55-11-2805-1262
Fax:55-11-2805-1262
e-mail: salonemprendedor.br@gmail.com
MSN: salonemprendedor@hotmail.com
Skype:salon.emprendedor.br